Por que games não são considerados Arte?

48938-1-1387478822

Quantas vezes essa pergunta não se passou pela sua cabeça?

Lembro me de um dia da minha vida chata feito a porra em que eu discutia com uma galera da faculdade, onde a galera debatia sobre inúmeros livros cults hipsters e demonstradores de sabedoria de porra nenhuma.

E de vez em quando eu comentava sobre os livros que li e tal, e numa pergunta que normalmente me fazem, me perguntaram: “Cara tu não gosta de ler não?”

Na mesma hora eu respondi: “Não é que eu não goste de ler, eu gosto bastante … mas o livro tem que realmente ser muito bom e me fascinar, tirando isso eu prefiro jogos! Por conta da imersão pra mim ser maior”

Na mesma hora todos fizeram +- essa cara:

268301i1FA79DF2582854CA
Fiquei puto da vida com a reação das pessoas, dava pra ver na cara de cada um o preconceito indo lá no teto e todos julgando, porém uma infeliz conseguiu se sobressair no meio de todos os presentes ao me dizer a seguinte frase:

“Po, como você quer comparar um joguinho com um filme, um livro ou uma peça de teatro? Ta brincando né?”

Eu não sei dizer o quão imbecil e ridícula essa pergunta conseguia ser.
Pensei em mil formas de descontar minha raiva que sentia na hora respondendo ela de uma forma sutil e delicada , porém só saia umas grosserias imensas da minha cabeça e umas vontades muito locas de dar um chute na mandíbula dela, preferi então me calar pra evitar a fadiga.
Claro que não fui alvo uma única vez desse preconceito, foram inúmeras… Mas essa foi a vez que eu mais me indignei sei lá por qual motivo.

Mas eu nunca compreendi a mente dessas pessoas….
Pelo que eu sei um bom livro possui uma ótima história, personagens com um ótimo “background” para que cada leitor possa se identificar com algum deles e por fim, o grande trunfo dos livros, a imaginação!
Poder imaginar toda mitologia, fantasia e tipo de coisas que sua mente quiser! É abraçar a imaginação e a criatividade no sentido mais puro.

E logo em seguida vem os filmes, que possuem exatamente o mesmo princípio dos livros,  porém sem usar a imaginação, não há o que imaginar, afinal tá tudo ali na tela, é só vivenciar o momento e os sentimentos criados pelo mesmo.
E um bom filme em nada perde para um bom livro, se deixar consegue ser melhor ainda,
afinal você consegue ver nitidamente a felicidade, a tristeza, a raiva que é transmitida do ator à você.

Levanta a mão ae agora, quem não se emocionou nessa cena?

tumblr_li6p7657Tx1qfp7uwo1_500Porra eu lembro que eu chorei que nem uma criança de 5 anos de idade no cinema e quem não chorou, que vá tomar no cu cara! como que tu num chora numa cena dessas?

E ao final eu juro que eu fiz de tudo pra entender como que na cabeça das pessoas, depois de tudo isso que eu falei aqui em cima, isso aqui não pode ser comparado com um filme, um livro ou uma peça de teatro:

48938-1-1391112464

Mais do que ser apresentado, poder imaginar, ver, assistir …. Você está LITERALMENTE vivenciado um universo! uma aventura, uma estória, seja lá o que for! Você está controlando cada momento dessa história, tendo que viver com escolhas ou não. É a união do melhor de todos os universos artísticos, desde a música, à imagem e até a imaginação.
E tudo isso ao seu controle.

Me lembro de um dia em que eu estava jogando The Elder Scrolls V: Skyrim
de madrugada, coincidentemente estava muito frio nesse dia, com meus fones de ouvido, luz apagada, completamente imerso no jogo e então eu dei um Fast Travel até Whiterun, um lugar característico do jogo por sempre estar nevando, e assim que eu cheguei no local, eu tive uma das maiores imersões na minha vida com qualquer mídia.

Ao chegar no local a seguinte música começou a tocar

Após breves segundos de uma tela escura, eu me deparo com isso:

72850_screenshots_2013-02-14_00001

Eu me lembro exatamente de pela primeira vez realmente achar que eu era de fato aquele personagem, de estar 100% imerso em um jogo e de achar que aquela era minha visão, parecia que eu estava vivendo ali, vivendo aquele momento, olhando para aqueles muros enormes com neve sobre eles, porém eu tinha controle total das minhas ações…. Era incrivelmente real.

O momento foi tão impactante para mim que eu fiz questão de tirar uma print do jogo pra me lembrar sempre do dia em que eu mais tive imersão no que diz respeito à qualquer mídia artística.
Devo confessar que nunca lendo um filme ou livro eu consegui ter tamanha imersão a ponto de por breves minutos eu acreditar que eu vivia em outro universo, em outro mundo e etc.

Agora não tão grande quanto a imersão que tive com Skyrim, o que dizer da minha saga preferida do mundo dos games Metal Gear Solid ?

tumblr_mcczmhFLXJ1rpoldbo5_r1_500
A saga possui um enredo altamente rico, complexo e crítico, personagens incrivelmente cativantes , bem estruturados e uma trilha sonora que te faz arrepiar.
Não há NADA de ruim nessa série, se saísse em livro, filme, peça, whatever…. Seria fácil um dos melhores já feitos.

Metal Gear foi uma das experiências mais incríveis na minha vida, durante 7 anos eu acompanhei toda a saga de Solid Snake e recentemente todo o sofrimento de Big Boss pra livrar o mundo da escravidão “escondida” em que ele se encontrava.

E devo dizer que poucas cenas me arrepiaram como essa:

A partir dos 6 minutos eu não tenho palavras pra explicar o que eu sinto ao ver a cena, um misto de tristeza por ser o adeus de Solid Snake, porém feliz e emocionado por ele finalmente ter chegado ao fim dessa tortura e pra completar tudo eu tenho o direito de lutar a última luta de Solid Snake, é simplesmente emocionante em todos os sentidos.

Mas isso é só a ponta do iceberg, nem de pura emoção e imersão são feitos os jogos. Alguns são voltados pro lado mais crítico. Em todo e qualquer jogo, estamos condicionados à seguir um “script” dizendo que temos que ir do ponto A ao ponto B, do B ao C e assim por diante até o final do jogo, certo?

Porém e quando um jogo propõem que você quebre a 4ª barreira dimensional e possa “mudar” as decisões premeditadas pelo script e brincar com isso?

9d62fd4fa48c4072_25

É sobre isso que se trata Stanley Parable:

2561599-map10003
Um jogo simples e humilde porém com uma crítica genial! Podendo contráriar a narração do jogo, você e o narrador brincam com essa idéia de “quem está no controle de que”. Se tudo que você fez é premeditado pelo jogo e pelo narrador, inclusive “contráriar” a narrativa ou se realmente você está fugindo do controle e sendo realmente livre para escolher fazer o que quiser.

E pra finalizar eu poderia muito bem falar de Minecraft, que se utiliza do conceito da arte na mais pura definição, onde o único objetivo do jogo é criar, porém  eu não vou falar de Minecraft, mas sim de Journey.

1368623743115

Journey é o meu xodó no que diz respeito a arte nos video games. É uma experiência inacreditável que não há palavras que possam definir o quão maravilhado eu fiquei com o jogo.

Em um mudo onde cada vez mais há informações na tela para o jogador, em Journey não há sequer uma informação na tela, nenhuma línguagem verbal é usada durante todo o jogo, apenas a visual e a auditiva, porém não há se quer uma fala , apenas algumas notas sonoras que você emite.

Você é um ser feito de tecido, vagando sozinho pelo deserto em busca do seu objetivo final que chegar em uma montanha e descobrir a história por trás de tudo.
E cada nível há uma chance de você ser pareado com um outro jogador no mundo no mesmo nível, porém não há nenhuma comunicação entre vocês, apenas as notas sonoras únicas que cada jogador pode emitir.

Então mesmo acompanhado de alguém, você ainda está sozinho e com isso, a sensação de solidão e paz que o jogo te passa é algo surreal, deslizar por dunas de areia douradas nunca foi tão relaxante.
Journey consegue me passar todo sentimento de paz, solidão e graciosidade sem apresentar uma fala, um texto se quer…. Apenas com imagem e música.

Termino esse post tentando passar pra vocês um pouco da sensação que eu tive ao jogar Journey.

Ligue seu headphone, bote pra tocar isso:

E em seguida assista isso, mesmo que seja em loop:

Journey-Gif

Você terá um vislumbre do que eu senti ao jogar Jounery, o jogo, artiscamente falando, mais belo e imersivo que eu já pude experimentar.

E miau é isso aí! Espero que tenham gostado!
shot0379

Anúncios
Esse post foi publicado em Games, Opinião, PS3 e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s