A mais nova animação de League of Legends é DO CARALHO

Eu sei que ontem eu falei que LOL e DOTA cada um tem suas particularidades mas cara….

ISSO AQUI É FODA PRA CARALHO CARA

Vídeo | Publicado em por | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Sid Meier’s Civilization V: A Brave New World, uma aula de política, economia e diplomacia.

É verdade que 90% das pessoas que habitam este humilde planeta, vivem reclamando dos governos s, debochando dos grandes chefes de estados e suas atitudes, não importa aonde morem, se vivem nos EUA ou na Mongólia, porém essas mesmas pessoas que sabem apontar todos os problemas de seus países, não sabem a solução pro mesmo. Falam isso e aquilo e não entendem uma vírgula se quer de administração, economia e política.

Eu faço exatamente a mesma coisa, reclamava e continuo reclamando do governo do meu país, porém eu só fui passar a entender um pouco de como é complexo e difícil controlar uma nação quando eu comecei a jogar Sid Meier’s Civilzation V: A Brave New World

Para quem não conhece, Sid Meier’s Civilization V é o jogo de estratégia mais recente da saga Civilization, baseado em turnos no qual o jogador assume o controle de uma nação (entre 18 à 36 dependendo da expansão que você tiver) e liderar mesma através do início da história da humanidade, como homem das cavernas e bárbaros, até o futuro mais próximo, num mapa aleatório baseado em hexágonos.
E para alcançar a vitória você terá que desenvolver todos os setores da sua nação como tecnologia , força militar, expansão populacional e territorial, enquanto administra a diplomacia e a economia, entre muitos outros fatores.

(Antes de começar a falar sobre o assunto, vou deixar bem claro aqui que não apoio nem falo mal de nenhum governo nesse texto, é apenas um fucking post sobre Civilization V)

Fui eu lá pimposo, programei todo o jogo para parecer o mais realista possível! Botei o máximo de nações possíveis no mapa e escolhi o mapa mais condizente com a realidade.

Escolhi o Estados Unidos da América, estava na pele de George Washington. Assim que começou partida, o único pensamento que me vinha na cabeça era:
“Isso vai ser easy né vei,  no Age of Empires eu jogava bem pra caramba, sempre ganhava… “

E então começou o jogo, efetivamente, de começo me deram uma unidade militar básica e uma que “criava” cidades, criei minha capital e logo comecei o meu expansionismo.
A cada vitória contra uma civilização bárbara, ou uma invadida de território eu gritava pros 7 cantos aqui em casa:

“SE AJOELHEM PERANTE O IMPERIALISMO AMERICANO CAPITALISTA, VAI AMÉRICAAAAAAAAAAAAAAAA!”

EM MOMENTOS ESTE ERA O TEMA QUE TOCAVA NA MINHA CABEÇA TURNO APÓS TURNO:

EU ESTAVA IMBATÍVEL, NINGUÉM PODIA CONTER OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, ME APOSSEI DE TODAS AS TERRAS, DERROTAVA TODAS UNIDADES QUE FICAVAM NO MEU CAMINHO, UM VERDADEIRO IMPERADOR!

rambo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Então em menos de 100 turnos toda minha população passava fome, minha economia estava quebrada, minha população fazia suicídios em massa de tão infelizes que estavam e inúmeras nações haviam declarado guerra à mim.

Eu não tinha como conquistar novos territórios pois fui cercado pelo expansionismo territorial de outro país, o resto de unidade militar que eu tinha usava as porras dum TACAPE enquanto as demais nações já usavam RIFLES e CANHÕES para me atacar, e então em 130 turnos eu tive meu fatídico fim fui eliminado do jogo.

Após aparecer a mensagem de “Derrota” na tela, a única reação que eu conseguia esboçar era essa, sem zuera nenhuma:

DisbelievingCat

PORRA VEI QUE QUE HOOUUUUUUUUUVE? O QUE QUE TINHA ACONTECIDO? O QUE FOI ISSO VEI? Eu havia levado uma SURRA de proporções colossais, nem ao menos na “Era do Renascimento” eu havia chegado…
Decidi aceitar que era um noob absurdo em estratégia e fui tentar aprender e entender como que funcionava o jogo.

Após um tempo comecei a entender que eu deveria almejar rapidamente 3 coisas primeiro: Felicidade da população (20xHappiness5), Comida (20xFood5) e Dinheiro (20xGold5), com o maior foco sendo
comida, a mais vital de todas, seguido pelo Dinheiro e então pela Felicidade
Mas o por quê disso? Eu explico a vocês agora o mesmo, o motivo dessa trindade sagrada.

BArneey

Comida (20xFood5é a essência da vida no jogo, e também na vida real, com comida sua população cresce mais rápido e se prolifera mais rapido, aumentando os limites territoriais daquela cidade e por fim no Império todo no geral. A população é a força motriz que move uma nação, sem comida, não há cidadãos, sem cidadãos, não há quem trabalhe nas terras, sem trabalho, não há produção, sem produção…. Bom seu império vai estagnar.

Civilization-V-Basics-Guide-territory-and-borders

Então você tem que ter um império muito bem localizado (como na imagem aqui em cima) em uma área onde tenha bastante vegetação, planíce, selvas, lagos, regiões costeiras ricas em alimento e por ai vai.

Com isso atendido, temos a 1ª parte feita! Seu país vai se desenvolver rapidamente, sem quaisquer problemas.

tumblr_ly7s0wv84v1rn95k2o1_250

Agora temos que focar nos 2  que nos restam, Dinheiro e Felicidade.

Dinheiro (20xGold5é o que vai segurar as pontas do seu império, vai financiar desde construções e exército, à obras colossais como o Cristo Redentor.

Um império rico é capaz de suportar inúmeras guerras, manter todas suas construções, políticas e unidades militares abastecidas. Logo do ponto de vista militar, sua nação será imbatível e sua expansão também será mais rápida uma vez que você poderá comprar pedaços de terra próximos à suas cidades. (DOU UM BISCOITO PRA ADIVINHAR QUE PAÍS É ASSIM)

E obviamente quanto mais construções, mais produção e mais particularidades para seu império, resultando num desenvolvimento mais rápido. Porém, como se ganha dinheiro?

tumblr_mk8acgsudn1qjemo2o1_500

Na vida real eu não faço a mínima idéia, mas em Civilization V para conseguir um bom ganho de dinheiro, será necessário que seu império tenha Recursos Luxuosos para negociar com outros países e até mesmo dentro dele.

Recursos esses como Pedras Preciosas, Ouro, Prata, Gado, Cobre, Açúcar, Marfim, Seda e acho que vocês já entenderam né? Tendo isso em seu território, você pode então começar a produzir e trabalhar com esses Recursos e gerar dinheiro pro seu povo! E não só isso, alguns Recursos como Gado produzem comida para a sua população, outros aceleram a produção da nação, como o Petróleo, Alumínio e Urânio!

JaymaHooray

Mas de nada adianta você ter um país extremamente rico, bem alimentando, provendo tudo do bom e do melhor se ele for infeliz correto?

Uma vez que seu império se encontra infeliz, sua população para de crescer, sua produção sofre uma penalidade alta, seus exércitos ficarão mais fracos e não haverá como criar outras cidades. A partir de um certo ponto de infelicidade, caso algum outro país seja bem influente no mundo, a opinião pública vai começar a massacrar o seu governo (ONDE SERÁ QUE EU VEJO ISSO HEIN?) com isso o povo começa a se revoltar e focos de rebelião começam a aparecer pelo seu país, o que é gravíssimo pois pode acabar resultando na deserção das cidades do seu próprio país para outros países.

9d62fd4fa48c4072_25

Tendo tudo isso em vista, o que porras se deve fazer para não gerar infelicidade e sim felicidade?

Felicidade (20xHappiness5é gerada de inúmeras formas, a principal delas é…… adivinha??
Não, sérinho… tenta adivinhar ai 😦
Tá blz, eu falo….

Recursos Luxuosos! SIM DE NOVO!

boss-gifsJá deu pra ver que é extremamente importante você ter seu território criado em uma área cheia de recursos né? E quanto mais você expandir seu Império para áreas com recurso, melhor ainda.

Depois disso, as únicas coisas que vão conseguir aumenta a felicidade do seu país são construções específicas como Estádio (não to zuando, juro pra vcs), Zoológicos, Teatros, Circos, construções monumentais como Torre Eiffel, Taj Mahal e Políticas Sociais aliadas com a Ideologia seguida pelo sua nação.
E claro, se você for um Império bem sucedido, tiver uma grande influência no mundo, seus níveis de turismo vão subir, fazendo com que sua população fique mais feliz e vice-versa.

ECONOMIA FORTE, PORÉM UM JUMENTO DIPLOMÁTICO E CONSIDERAÇÕES FINAIS:

brave-new-world-2

Ao final de tudo, temos um Império fortíssimo, somos uma nação forte e agora preparada para o mundo… VAMOS INVADIR E SE EXPANDIR POR TODOS CANTOS DO GLOBO!!!

post-16442-NOPE-gif-INH0
NÃAAAO SEU ANIMALZINHO DE JARDIIIIM! VOCÊ A ESSA ALTURA JÁ TINHA QUE TER APRENDIDO COM HITLER E NAPOLEÃO!

Expansionismo desenfreado é a maior imbecilidade que existe, a não ser que você tenha poder bélico suficiente para derrubar uma cidade em poucos turnos, não saia invadindo que nem uma animal.
É muito mais fácil o mundo inteiro se voltar contra você, fazer um complô te boicotando muitos recursos e etc, te banir durante um congresso da ONU e fazer com que você perca o jogo.

Já vi muita gente fazendo certinho a trindade sagrada, mas tava arrumando inúmeras tensões diplomáticas com países próximos e até com super potências.

You-Are-So-Dumb-Antoine-Dodson-Bed-Intruder-GIF

Entenda que quase todas as vitórias em Civilization se dão através da Vitória Diplomática, Cultural ou Tecnológica, raríssimos são os casos onde há Vitória Militar.

Procurar se aliar com as nações mais fortes é sempre o melhor esquema, mas não se esqueça de ser um líder diplomata, caso você seja um sinônimo de diplomacia mundial, é muito difícil alguém entrar em guerra com você.
Não estando em guerra você pode destinar os recursos e o dinheiro que você gastaria com exército e defesa, para outros setores e com isso alcançando uma Vitória Cultural ou Tecnológica mais rápida.

Guerra raramente é chave para a vitória, claro que haverão líderes bem filhos da putaGhandi que você jura que pode confiar de pé junto Ghandi e o filho duma puta, corno, filhote de cruz credo, sem mãe Ghandi , sem mais nem menos declara guerra à você e invade seu território, porém se você tem um império forte, vai ser capaz de contra atacar o Ghandi filho da puta  e quem sabe até dominar algumas cidades, quiça a capital do sujeito.

Agora pra finalizar, vocês devem ter percebido inúmeros momentos onde Sid Meier’s Civilization V: A Brave New World consegue com uma destreza enorme simular e replicar a condição de inúmeros países, de diversas políticas e momentos da nossa história.
O que faz de cada partida uma aula de economia, política e diplomacia incrível.

Claro que o jogo não foi feito com o intuito de lecionar alguém e sim de divertir, porém é irônico quando as situações se repetem no jogo e você ganha uma nova visão e entendimento sobre o assunto por estar “vivendo” aquela situação.

.

E Miau é isso ai! Espero que tenham gostado!

shot0379

Publicado em Games, Opinião, PC | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

DotA 2 x LoL, afinal qual o melhor ?

LOL x DotaPra falar a verdade, eu nunca entendi a fundo qual o motivo dessa viadagem extrema.
Mas como joguei ambos, acho que posso dar minha humilde opinião de merda sobre ambos jogos, imparcialmente e é isso que eu vou fazer logo abaixo.

Começemos com DOTA, ou Defense of the Ancients, ou se você traduzir pro português: Player de LOL é tudo viado e retardado

dota-2-logo-1
DOTA foi um precursor e pioneiro do estilo MOBA , criado partir de um Mod em um mapa do jogo Warcraft III: Reign of Chaos e sua expansão Warcraft III: The Frozen Throne.

O objetivo acho que todos já sabem né? É destruir a World Tree inimigo caso você seja Scourge ou destruir o Frozen Throne se você for Sentinel usando um dos heróis disponíveis, junto com seus aliados e creeps.
No DOTA 2 é exatamente a mesma coisa, só mudando os nomes pra Radiant e Dire por conta daquelas palhaçadas de direito autorais da Blizzard e blablabla

E tudo isso é feito através de 3 caminhos do mapa divididos em TOP, MID e BOT com Turrets que atacam qualquer unidade que se aproxime. Os dois lados são divididos por um rio que corta do BOT até o TOP, e entre o BOT e o MID existe um monstro que é forte que nem o caralho chamado Roshan, que se você derrotar ele você ganha gold pra galera do seu time,uns buffs e itens especiais

Caso você não tenha entendido xongas do que eu falei, é isso aqui :

Dota_2_MapTendo isso em vista, vamos ao que interessa, já podemos começar o quebra pau né?
afinal é pra isso que vocês vieram né?

DOTA 2 possui uma pega infinitamente mais hardcore e complexa do que League of Legends e isso é um fato, nada que ninguém faça ou diga vai mudar isso. As próprias mecânicas do DOTA comprovam e respondem isso.

Enquanto no LOL o tempo máximo de stun é o da Ashe que se você acertar o ultimate na distância máxima você consegue stunar o alvo por 3 segundos, em DOTA 2 um stun pode durar até 5 segundos e existem disables que fazem você ficar imóvel e impossibilitado de atacar por 7 segundos.

What

O que dizer então sobre o fato que no DOTA você não tem como dar “Recall” para base? Você tem que ir andando até a sua base se quiser voltar e recuperar seu HP ou então gastar gold e comprar um item consumível que te teleporta para unidades aliadas.
Então ou você gasta gold ou você gasta tempo e abdica de ficar junto com seu time ou quem sabe proteger sua lane

782953É rapaz a vida no DOTA não é fácil não, a vida no DOTA não é aquela piroca dura cabeçuda que tu chupa dia sim, dia não quando tua mãe sai pra ir na feira. Lá nego almoça sangue de noob no almoço, rapaz.

É bem mais difícil de se aprender a jogar e dominar o jogo.
Requer muito mais entendimento da mecânica e da sistemática pra você começar a buildar livremente.

Porém um dos pontos positivos é que assim que você entra no jogo, você poder jogar com os 100 e caralhada de Heroes que existem! Diferente do LOL onde você tem que jogar uns bons anos pra conseguir comprar todos os champions existentes no jogo

Mas em resumo, é um jogo pra MACHO.
Agora falemos de League of Legends, ou popularmente conhecido como LOL

poster_1920x1080

League of Legends é o jogo do gênero MOBA que foi responsável pela popularização do gênero na comunidade gamer. (Entendam que popularização =/= pioneiro)

Criado por um dos membros fundadores do DOTA, League of Legends possui exatamente o mesmo objetivo do seu concorrente, destruir a estrutura principal da base inimiga, que nesse jogo ambos as estruturas recebem o nome de Nexus.
O mapa também é divido em 3 caminhos, TOP , MID e BOT, um rio corta o mapa do bot atéo top e ambos possuem um MVP no cenário, que no caso do LoL é o Baron Nashor.

baron

LoL é um jogo infinitamente mais casual que o DOTA e talvez esse seja o maior apelo do jogo. Qualquer um é capaz de jogar LoL! Sua mãe é capaz de jogar LoL, sua namorada é capaz de jogar LoL, seu amigo sem braços é capaz de jogar LoL (rçrçrçrç).

Qualquer ser humano que tenha um PC com um mínimo de hardware decente consegue jogar League of Legends numa boa, diferente de DOTA que precisa de um PC com um hardware legal pra jogar suave e de muito dedinho aliado à treinamento.

cool-computer-kid

E pra mim o fator que parece ser mais decisivo, junto com a facilidade do jogo, é a interação altamente descontraída entre Comunidade x Rioters (os nego que trabalha lá).
A qualquer momento você pode conseguir conversar, nos fóruns, com o CEO da Riot ou com alguns membros da empresa como Champion Designer e Comunnity Assist de uma forma completamente descontraída.

Essa proximidade entre os players chega a refletir dentro do jogo, uma vez que a comunidade se junta para pedir ou reivindicar algo in-game, Os Rioters prontamente procuram atender e discutir a idéia ou o pedido com os players, resultando num jogo bastante moldado pela comunidade. Uma verdadeira estória de amor.

original

Todo e qualquer player de LoL conhece o Phreak e o seu famoso “Tons of damage”. Phreak nada mais é do que um player que foi contratado pela Riot lá no Beta do jogo, por se destacar entre os demais e virou verdadeiro ícone no que se diz respeito à interação entre  Rioters e players.

forums
Diferente do DOTA, (onde os heroes são nivelados por cima, traduzindo: TUDO É OP PRA CARALHO) League of Legends é nivelado por baixo, onde todos os champions e itens precisam alcançar o equilíbrio, tendo fraquezas e pontos fortes.

E isso acarreta em um problema, se o champion possuir um kit (passiva+skills+mecânica) poderoso, é praticamente inviável você balancear ele, ou ele vai ser muito forte ou muito fraco e isso por muitas vezes acaba se tornando um problema pros Rioters, uma vez que eles almejam a “saúde” do jogo e decidem acabar com o champion que eles próprio criaram e por mais que a comunidade reclame, ela vai ter que aceitar a decisão “suprema” dos Rioters.

VEREDÍCTO FINAL :

league-of-legends-e-dota

DOTA 2 é um jogo pra quem procura um desafio, pra quem quer um jogo onde os donos do jogo não vão ficar metendo o dedo toda santa hora que alguém chorar “EMBER SPIRIT TA MUITO OP, VALVE NERFA PLZ” a não ser que realmente seja necessário.

Com uma mecânica mais complexa e infinitamente mais hardcore, DOTA é recomendado para os jogadores que curtem um jogo de estratégia de MACHO, onde stuns duram vidas e Skills atravessam o cenário inteiro, dando um dano absurdamente alto.

Já League of Legends é um jogo pra quem procura algo mais casual, porém ainda sim desafiador caso você queria se aventurar nas partidas ranqueadas.
Diferente do DOTA, você pode jogar só pela diversão pelo casual, é ridiculamente fácil aprender como o jogo funciona, como farmar e como jogar. Em 1 semana você já é capaz de jogar o jogo normalmente e se divertir.

Se você procura AMOR, interação e casualidade, LoL é sua pedida!
Mas nem tudo são flores, a toxicidade da comunidade do jogo e a opinião “suprema” dos Rioters são de fazer qualquer um se amargurar algumas vezes.

Caso você não goste de nenhum dos dois, vai jogar Minecraft que você ganha mais então. E Miau é isso aí! Espero que tenham gostado!

shot0379

Publicado em Afinal qual o melhor?, blábláblá, Games, Opinião, PC | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

Cheguemo pa anima a festa

Bom, esse post aqui é basicamente um “post de apresentação”

Meu nome é Victor Hugo Quedinho, a.ka. Quedinho, a.ka. Nero também, mas plmdds só me chama de Nero ou Quedinho. As únicas pessoas com permissão e autoridade pra me chamar de Victor são minha mãe e alguma mulher que eu estava comendo/saindo/querendo ficar/qlqr coisa desse tipo, pq ai ela pode me chamar até de Gerdison que eu não to nem ai.

BArneey

Anyway, basicamente esse blog é sobre reclamar sobre a sociedade atual e as merdas que ela vive fazendo.
Sinceramente a sociedade hoje em dia é uma bela duma bosta e qualquer um que discorde disso precisa tomar a dose de Gardenal do dia.
Os valores estão completamente invertidos, hoje qualquer coisa é agressão, é motivo de processo e de manifestação na porra da Avenida principal da sua cidade. O politicamente correto impera fortemente sobre tudo que é produzido e criado hoje em dia.

E simplesmente ta foda aguentar quieto e calado quando o mundo tá de ponta a cabeça, TODO ERRADO e julgando você, humilde ser humano correto que paga suas contas, respeita os outros e não fica de frescura com tudo.

E qual melhor lugar do planeta para se reclamar? Dou uma bala Juquina pra quem acertar….

SIM, A FUKCING INTERNET!

FinnThumbsUp

O conteúdo pode variar desde nerdices em gerais, mundo pop à qualquer porcaria que eu considerar relevante o suficiente pra comentar.

Então, miau é isso ai, espero que gostem!
shot0379

Publicado em blábláblá | Marcado com , , | Deixe um comentário